Página inicial > MPB > L > Léo Pinheiro > Em Cima Daquele Morro

Em Cima Daquele Morro

Léo Pinheiro

Léo Pinheiro Canta Arnaud Rodrigues


Em cima daquele morro
Passa boi, passa boiada
Passa boiada
Tem movimento paca!
Tem movimento paca!

Paca, tatu, cotia, não
Paca, tatu, cotia, não
Não tem na serra não
Ah, porque nêgo mata!
Ah, porque nêgo mata!

Joguei uma pedra nágua
De pesada, foi ao fundo
E foi ao fundo
E ninguém disse nada!
E ninguém disse nada!

Tubarão, peixe, piaba
Tubarão, peixe, piaba
Não respondem não
Ah, se não, nêgo mata!
Ah, se não, nego mata!

Batatinha, quando nasce
Esparrama pelo chão
Esparrama não!
Ah, porque nêgo cata!
Ah, porque nêgo cata!

E passarada passa o arado
E passarada passa o arado
E nada vem do chão
Ah, porque nêgo rapa!
Ah, porque nêgo rapa!

E nêgo mata caititu
Mata jacu, jaó
Paca, tatu, maracajá
No jacá de cipó
E taca o tiro, e taca a faca
A faca fere a fera!
Onde a inteligência impera
É que se dá coisa pior
E morre a fauna e não se ouve
O sabiá cantando!
E morre a flora e não se vê
A flor desabrochando!

E não se escuta mais o ronco

Daquela cascata!
É o fim da vida, é o fim da água
Nêgo tá matando a mata!

Nêgo tá matando nego
Nêgo tá matando a mata
Nêgo tá matando a mata
A mata, nego, nego, mata!
Nêgo mata a mata

Compositor: Arnaud Rodrigues

Letra enviada por Renato Araújo

Encontrou algum erro na letra? Por favor, envie uma correção >

Compartilhe
esta música

Ouça estações relacionadas a Léo Pinheiro no Vagalume.FM

MIX DE MÚSICAS