Página inicial > MPB > L > Léo Pinheiro > Canção da Feira

Canção da Feira

Léo Pinheiro


Compre aqui bom e barato
Vendo coisas de valor
Teu sorriso é minha festa
Pague um riso adiantado
Dou-lhe um beijo se é bonita
E até vendo a prestação
Dou de graça uma risada
Teu sorriso é meu sustento

Domingo é dia de festa
A feira já começou
A morte eu vendo a vista, moço
A vida a prestação
Meu preço é justo e correto
Minha medida é de lei
Só não lhe vendo esperança, moço
Pois isso você já tem

Compositor: Oswaldo Montenegro e Mongol

Letra enviada por Renato Araújo

Encontrou algum erro na letra? Por favor, envie uma correção >

Compartilhe
esta música

Ouça estações relacionadas a Léo Pinheiro no Vagalume.FM

MIX DE MÚSICAS