• Vagalume
  • A-Z
  • Estilos
  • Top 100
  • Playlists
  • Rádio
  • Hot Spots
  • Notícias
  • Play
    PLAY

    O QUE SE ABRE ABERTO
    SE APROXIMA PERTO
    PRA ESVAZIAR O JÁ DESERTO

    DESORIENTA O INCERTO
    RUMA SEM TRAJETO
    NUNCA EXISTIU MAS EU DELETO

    QUERER SEM OBJETO
    VOZ SEM ALFABETO
    ENCHENDO UM CORPO JÁ REPLETO

    O EXCESSO, O EXCETO
    O ETCÉTERA E TODO RESTO
    DO CHÃO AO CÉU, DA BOCA AO RETO

    EU SÓ EU
    NO MEU VAZIO
    SE NÃO MORREU
    NEM EXISTIU

    SÓ EU SÓ
    NO MEU PAVIO
    FUTURO PÓ
    QUE ME PARIU


    EXCESO EXCEPTO

    LO QUE SE ABRE ABIERTO
    SE APROXIMA CERCA
    PARA VACIAR LO YA DESIERTO
    DESORIENTA LO INCIERTO
    SIGUE SIN TRAYECTO
    NUNCA EXISTIÓ PERO LO BORRO
    QUERER SIN OBJETO
    VOZ SIN ALFABETO
    LLENANDO UN CUERPO YA REPLETO
    EL EXCESO, EL EXCEPTO
    EL ETCÉTERA Y TODO EL RESTO
    DEL SUELO AL CIELO, DE LA BOCA AL RECTO
    YO, SOLO YO
    EN MI VACÍO
    SI NO MURIÓ
    NI EXISTIÓ
    SÓLO, YO SÓLO
    EN MI MECHA
    FUTURO POLVO
    QUE ME PARIÓ

    Encontrou algum erro na letra? Por favor, envie uma correção »

    Comente
    user 300 caracteres restantes. Enviar

    Todas as letras de Lenine

    Publicidade
    Notícias
    Mais notícias »
    Hot Spot
    Top Músicas do Vagalume
    Top 100 »

    As informações deste site são postadas integralmente pelos usuários. É importante dizer que é possível que os dados estejam desatualizados ou incorretos, sendo assim, o Vagalume exime-se de qualquer responsabilidade sobre as informações publicadas.Caso haja interesse em remover ou alterar alguma informação, entre em contato conosco.


    É permitida somente a visualização no site das letras de músicas encontradas aqui, vedada sua reprodução através de quaisquer outros meios (Lei 9610/98).Todas as letras de músicas são propriedade dos seus respectivos autores e divulgadas somente para fins educacionais.All lyrics are property and copyright of their owners. All lyrics are provided for educational purposes only.