Página inicial > MPB > L > Lenine > Castanho

Castanho

Lenine

Carbono


Trago no sangue no sonho
Falar castanho verde olhar
Fui batizado no fogo
Ouvindo e cantando
Quem bebeu água da fonte não vai se perder
Trago no sonho e no sangue
Motivos para lutar
Ladeiras do divino
E becos da fome
Quem cruzou aquela ponte não vai se esquecer

O que eu sou, eu sou em par
Não cheguei sozinho

Canções da minha dor
Canções do meu pesar
Canções do meu amor
Canções do meu amar
Quem agora é distante para me dizer

O que eu sou, eu sou em par
Não cheguei sozinho

Compositor: Lenine, Carlos Posada

Letra enviada por Felipe Rodrigues

Encontrou algum erro na letra? Por favor, envie uma correção >

Compartilhe
esta música

Ouça estações relacionadas a Lenine no Vagalume.FM

ÚLTIMAS

MIX DE MÚSICAS

ARTISTAS RELACIONADOS