PĂĄgina inicial > Rap > L > Laylah Arruda > Pequenos Templos

Pequenos Templos

Laylah Arruda


Se fosse pra ser tava sendo
Sim, assim, sincero
Sobe o pulso, influxo
Supra sumo, olhar profundo sem escudo
Um pouco mais eu te conheço que o resto do mundo

De tanto rumo colando junto
Vai vendo!
Não sei nem como começou
Até de caminhada mudo
o mesmo pensamento mĂștuo

De como tudo, cada toque transformou
Fim do silĂȘncio sempre logo passou
Sempre foi tanto assunto
Papo profundo
Até melodia junto
Ornando o que da gente Ă© oriundo
Cada frase, em verso atributo
Olhando o nosso ponto de partida nada ali se revelou

Foi todo um movimento, como o vento
Aproximando num dado momento
VocĂȘ quem vĂȘ primeiro e me diz em fragmentos
Sem argumento barulhento
Na certeza de quem vem em complemento
Firmamento no sentimento

Palavra pouca, rouca, boca, sussurra
Os mais profundos devaneios, segredos
Anseios reais, galanteios, planos de veraneio
Sem receio, entregue por inteiro uu

Denso, alma em consenso
Mesmo longe num trago te busco em pensamento
Pequenos templos em curto espaço tempo
EntĂŁo se Ă© pra ser jĂĄ ta sendoi, sim

sim... assim

Letra enviada por

Encontrou algum erro na letra? Por favor, envie uma correção >

Compartilhe
esta mĂșsica

Ouça estaçÔes relacionadas a Laylah Arruda no Vagalume.FM

MIX DE MÚSICAS