PĂĄgina inicial > Rap > L > Laylah Arruda > Humano Baldio

Humano Baldio

Laylah Arruda


DiĂĄlogo passado
Homem e natureza. Harmonizado
OrgĂąnico, planta, colhe, come, sustenta a fome
Tem pra todo mundo
Terra tem de sobra
Vendo faz barulho
Água que transborda
TranslĂșcida, Ășmida
Meandrante, abundante, constante
Lava corpo, alma, pele, sede, fé
Profetiza, mas nĂŁo adivinha
o que estĂĄ por vir
MĂĄquina de construir
MĂĄscara de evoluir
Demolir, demolir

Morre cultura, monocultura
Girando o arado
Cabeça de gado
PĂ©s e mĂŁos atados
Por quem controla o preço do barril
Quando viu, nem viu
A lama veio e destruiu
Tsunami a montante
Como nunca se viu
Civil, correu, fugiu, partiu

Defronte a natureza Ă© hostil
Humano Baldio, humano baldio, baldio
Se a consciĂȘncia Ă© volĂĄtil
Humano Baldio, humano baldio, baldio
Veneno em nossa terra tão fértil
Humano Baldio, humano baldio, baldio
Corrompe a vida desse doce rio
Humano Baldio, humano baldio, baldio

TupinambĂĄ, Tupinikin, Guarani
Krenak nĂŁo bebe mais ali
Samarco marco de morte
Sem suporte
De pindorama pra Cabral
É veracruz
Aracruz conduz ao deserto verde
Árvore no seu quadrado
Pra fazer papel retangulado
Onde escrevem as leis
De quem? Pra quem? Por quem?

Defronte a natureza Ă© hostil
Humano Baldio, humano baldio, baldio
Se a consciĂȘncia Ă© volĂĄtil
Humano Baldio, humano baldio, baldio
Veneno em nossa terra tão fértil
Humano Baldio, humano baldio, baldio
Corrompe a vida desse doce rio
Humano Baldio, humano baldio, baldio

Nos enterraram na selva de pedras
Nossa mĂŁo da terra, nossa mĂŁo da terra

Letra enviada por

Encontrou algum erro na letra? Por favor, envie uma correção >

Compartilhe
esta mĂșsica

Ouça estaçÔes relacionadas a Laylah Arruda no Vagalume.FM

MIX DE MÚSICAS