Página inicial > Rock > L > Lambertos > Homem Sem Nome

Homem Sem Nome

Lambertos

Lambertos_A Odisséia


Olhos tristonhos e mãos estendidas
Sono sem sonho esperanças perdidas
Roupas rasgadas, imundas fedidas
Desprezo e repúdio e alma ferida

Lixo ambulante, moda ultrajante
Água nos olhos fome constante
Deserto na boca a morte não vem
Angústia transborda saída não tem

Se implora um pão muitos não dão
Outros tem nojo e nem falam não
Mas gente eles são sem nada nas mãos
Escravos na lama da situação

Falência das leis virou tradição
Resíduos da falha de toda a nação
Vergonha humilhante pra sociedade
Acalentem a fome de um homem sem nome

Compositor: lito di santi

Letra enviada por Lito Di Santi

Encontrou algum erro na letra? Por favor, envie uma correção >

Compartilhe
esta música

Ouça estações relacionadas a Lambertos no Vagalume.FM

MIX DE MÚSICAS