Página inicial > Rock > L > Lambertos > Asas do Infinito

Asas do Infinito

Lambertos

Lambertos_A Odisséia


De novo aqui estou a te visitar
Não podes me ouvir é tarde demais
Eu vou tentar entender as manhas do destino
É tão difícil ver que sou só um menino
E um coração em mágoas há léguas do sentido
E a morte te levou nas asas do infinito
A chuva da dor traz frio e furor
Vou tentar unir os restos de mim
Porque você se foi pra sempre do meu lado?
E nunca mais te ver andarmos abraçados
Descanse em paz em fim, adeus pra sempre adeus
Mas fica a nossa estrela que risca o infinito
Num céu tão colorido com luzeiros a piscar
Há núvens e cometas, por nós então prometo
Que onde quer que eu esteja vou tentar de novo ser feliz

Compositor: lito di santi

Letra enviada por Lito Di Santi

Encontrou algum erro na letra? Por favor, envie uma correção >

Compartilhe
esta música

Ouça estações relacionadas a Lambertos no Vagalume.FM

MIX DE MÚSICAS