• Vagalume
  • A-Z
  • Estilos
  • Top 100
  • Playlists
  • Rádio
  • Hot Spots
  • Notícias
  • PLAY

    Encontrou algum erro na letra ou tradução? Colabore com a gente clicando nas frases abaixo ou enviando uma correção completa »
    Jueves
    Si fuera más guapa y un poco más lista
    si fuera especial, si fuera de revista
    Tendría el valor de cruzar el vagón
    y preguntarte quién eres

    Te sientas enfrente y ni te imaginas
    Que llevo por ti mi falda más bonita
    Y al verte lanzar un bostezo al cristal
    se inundan mis pupilas

    Y de pronto me miras, te miro y suspiras
    Yo cierro los ojos tú apartas la vista
    Apenas respiro me hago pequeñita
    Y me pongo a temblar

    Y así pasan los días de lunes a viernes
    Como las golondrinas del poema de Bécquer
    Y de estación a estación
    En frente tú y yo
    Va y viene el silencio

    Y de pronto me miras
    Te miro y suspiras
    Yo cierro los ojos tú apartas la vista
    Apenas respiro me hago pequeñita
    Y me pongo a temblar

    Y entonces ocurre
    Despiertan mis labios
    Pronuncian tu nombre tartamudeando
    Supongo que piensas: "Qué chica más tonta"
    Y me quiero morir

    Pero el tiempo se para
    y te acercas diciendo
    "Yo aún no te conozco y ya te echaba de menos
    Cada mañana rechazo el directo y elijo este tren"

    Y ya estamos llegando, mi vida ha cambiado
    Un día especial este 11 de Marzo
    Me tomas la mano
    Llegamos a un túnel que apaga la luz

    Te encuentro la cara gracias a mis manos
    Me vuelvo valiente y te beso en los labios
    Dices que me quieres y yo te regalo

    El último soplo de mi corazón
    Quinta-feira (tradução)
    Se eu fosse mais bonita e um pouco mais esperta
    Se fosse especial se eu fosse (capa) de revista
    Teria coragem de atravessar o vagão
    E perguntar quem você é

    Você senta na frente e nem imagina
    Que uso para você minha saia mais bonita
    E ao te ver bocejar pelo vidro
    Minhas pupilas se encharcam

    De repente você me olha, eu te olho e você suspira
    Eu fecho os olhos você desvia o olhar
    Quase não respiro me sinto tão pequena
    E começo a tremer

    E assim passam os dias de segunda a sexta
    Como as andorinhas do poema de Bécquer
    De estação a estação
    Você eu eu frente-a-frente
    O silêncio vai e vem

    De repente, você me olha
    Eu te olho e você suspira
    Eu fecho os olhos você desvia o olhar
    Quase não respiro me sinto tão pequena
    E começo a tremer

    E então acontece
    Meus lábios acordam
    Pronunciam seu nome gaguejando
    Suponho que você pensa: "Que garota mais tonta"
    E eu quero morrer

    Mas o tempo pára
    E você se aproxima dizendo
    "Eu não te conheço e já sentia sua falta
    Cada manhã recuso o direto e pego este trem"

    E já estamos chegando, minha vida mudou
    Um dia especial este 11 de março
    Segura minha mão
    Chegamos em um túnel em que se apaga a luz

    Encontro seu rosto graças às minhas mãos
    Eu fico valente e te beijo nos lábios
    Você diz que me quer e eu te presenteio

    O último sopro do meu coração




    Comente
    user 300 caracteres restantes. Enviar

    Todas as letras de La Oreja de Van Gogh

    Publicidade
    Notícias
    Mais notícias »
    Hot Spot
    Top Músicas do Vagalume
    Top 100 »

    As informações deste site são postadas integralmente pelos usuários. É importante dizer que é possível que os dados estejam desatualizados ou incorretos, sendo assim, o Vagalume exime-se de qualquer responsabilidade sobre as informações publicadas.Caso haja interesse em remover ou alterar alguma informação, entre em contato conosco.


    É permitida somente a visualização no site das letras de músicas encontradas aqui, vedada sua reprodução através de quaisquer outros meios (Lei 9610/98).Todas as letras de músicas são propriedade dos seus respectivos autores e divulgadas somente para fins educacionais.All lyrics are property and copyright of their owners. All lyrics are provided for educational purposes only.