Fotos

Enviadas por usuários (4 FOTOS)

Kid Abelha (6 FOTOS)

ÚLTIMAS

MIX DE MÚSICAS

ARTISTAS RELACIONADOS

Formado em 1982

Com 21 anos de estrada, o Kid Abelha gravou doze álbuns de estúdio e três ao vivo. À frente da banda, Paula Toller (cantora), George Israel (sax, violão e vocais) e Bruno Fortunato (guitarra), inscreveram várias canções na história do pop-rock nacional, sendo apontados pela imprensa e por colegas artistas como uma verdadeira "fábrica de hits".

Em 1982, ao som de Distração, o Kid estreou na lendária rádio Fluminense FM, e dois anos depois lançava o seu primeiro disco, Seu Espião, que trazia, entre outros, os clássicos Pintura Íntima, Fixação e Como Eu Quero. Com esse LP, o conjunto ganhou o primeiro disco de ouro de sua geração.

Em 85, a banda se apresentou no primeiro Rock in Rio, experiência que eles mesmos definem como seu "vestibular para o show-business".

De lá para cá, uma enxurrada de sucessos como Alice, Nada Por Mim, Grand' Hotel e Eu Tive um Sonho, garantiram ao trio carioca uma sólida carreira de turnês nacionais e participações em festivais de grande porte.

Na temporada do acústico Meio Desligado (1995), houve uma renovação de público que se consolidou em 1996, quando Toller, Israel e Fortunato lançaram Meu Mundo Gira Em Torno de Você. Esse CD traz a recriação do antigo sucesso soul de Hyldon, Na Rua, Na Chuva, Na Fazenda, novamente transformado em hit e cantado por platéias de todo o país. Em 1997, o êxito de Meu Mundo foi somado ao do CD Remix e levou o Kid à marca de 1 milhão de cópias vendidas e 8 apresentações lotadas no Metropolitan, na época a maior casa de espetáculos do Brasil.

1997 também marca o desembarque do Kid Abelha na Espanha, EUA e América Latina a bordo de seu primeiro CD em espanhol, Kid Abelha. Gravado em Madri, o álbum é uma seleção de hits e conta com a participação especialíssima de Alejandro Sanz, que faz dueto com Paula em Nada Por Mi.

Depois do elogiadíssimo Autolove (1998), com participação e arranjos de Egberto Gismonti, em 2000 o Kid lança Coleção, reunindo material inédito e regravações de MPB, e depois de 16 anos deixa a gravadora Warner e assina com a Universal.

Em 2001, depois da consagração frente a 150 mil pessoas no Rock in Rio 3, o Kid vem com Surf, primeiro trabalho na nova casa. Rock, pop e soul se misturam em canções sobre a solidão, a beleza, a música e a movimentação da vida na amada cidade do Rio de Janeiro.

Ainda durante a turnê do CD Surf, batizada de Parabolóide Hiperbólico, a banda é convidada para participar do vitorioso projeto Acústico MTV.
Seis meses de ensaios, produção de Paul Ralphes e George Israel, participações especiais de Lenine e do guitarrista Edgard Scandurra, do IRA!. Em setembro de 2002, acontece em dois dias a esperadíssima gravação ao vivo num estúdio de Jacarepaguá, Rio.
O disco traz 3 canções inéditas, 3 regravações inéditas e muitos sucessos da banda em versões unplugged, usando violões, bandolins, acordeão, berimbau, quarteto de cordas e piano acústico, entre outros instrumentos.

Com público e prestígio renovados, pela terceira década consecutiva a “fábrica de hits” volta a produzir momentos marcantes da canção pop brasileira, frutos da parceria de sucesso entre Paula Toller, George Israel e Bruno Fortunato.

Fonte: KidAbelha.com.br