• Vagalume
  • A-Z
  • Estilos
  • Top 100
  • Playlists
  • Rádio
  • Hot Spots
  • Notícias
  • Play
    PLAY

    Lá lá lá

    Moleque mimado bolado que agora chora
    Só porque eu mandei ajoelhar
    Fazer um lalá por várias horas

    Ele disse por aí que era o tal
    Pega geral e apavora
    Seduzi pra conferir
    E percebi que era da boca pra fora

    Dá pra perceber, existem vários
    Falam demais, fingem que faz
    Chega a ser hilário
    Mal sabe a diferença de um clitóris pra um ovário
    Dedilham ao contrário
    Egoístas criando um orgasmo imaginário

    Pouco importa pra ele se você também tá satisfeita
    Esses caras ainda não aprenderam
    que 10 minutos é desfeita
    Meia bomba que tomba não aguenta o molejo da lomba
    Se desmonta, tem medo e no final só me desaponta

    Já fico arrependida
    Seca, desacreditada e fria
    Desse jeito desanima
    Quero ser bem atendida

    O que me anima é a habilidade na lambida
    Malícia, muita saliva enquanto eu queimo uma sativa

    Lá lá lá, me lambe lá
    Lá lá lá, me lambe, me lambe, me dê uma lambida lá

    É inacreditável, eles ficam sem ação
    Quando a gente sabe o que quer e já mete a pressão
    Tem que saber fazer se não gera contradição
    Direitos de prazer iguais, mais compreensão

    Isso daqui não tá de enfeite
    Dá um jeito, se ajeite
    Sem ser fake, então vai se deite
    Se eu quero, respeite

    O clima deixa de ser quente, confundiu minha mente
    Falam de mais, quando chega na hora
    a ação não é equivalente
    Nem vem
    sou apenas mais uma com experiência e sabe quem tem
    Vejo vários convencidos
    achando que no final mandou bem

    Minhas amigas concordam também
    Vocês podem ir mais além
    Sem dedicação espantam um harém

    Curvem-se, encostem os lábios na flor
    Quebra esse tabu, isso não é nenhum favor

    O que me anima é a habilidade na lambida
    Malícia, muita saliva enquanto eu queimo uma sativa

    Lá lá lá, me lambe lá
    Lá lá lá, me lambe, me lambe
    Me dê uma lambida lá
    Lá lá lá, me lambe lá
    Lá lá lá, me lambe, me lambe
    Me dê uma lambida lá

    Letra enviada por Playlists Do Vagalume
    Encontrou algum erro na letra? Por favor, envie uma correção »

    Comente
    user 300 caracteres restantes. Enviar

    Todas as letras de Karol Conka

    Publicidade
    Notícias
    Mais notícias »
    Hot Spot
    Top Músicas do Vagalume
    Top 100 »

    As informações deste site são postadas integralmente pelos usuários. É importante dizer que é possível que os dados estejam desatualizados ou incorretos, sendo assim, o Vagalume exime-se de qualquer responsabilidade sobre as informações publicadas.Caso haja interesse em remover ou alterar alguma informação, entre em contato conosco.


    É permitida somente a visualização no site das letras de músicas encontradas aqui, vedada sua reprodução através de quaisquer outros meios (Lei 9610/98).Todas as letras de músicas são propriedade dos seus respectivos autores e divulgadas somente para fins educacionais.All lyrics are property and copyright of their owners. All lyrics are provided for educational purposes only.