PĂĄgina inicial > J > Junkyard Dogs > Mesquice Anormal

Mesquice Anormal

Junkyard Dogs


Tentei de tudo mas nĂŁo querem mais
NĂŁo querem me querer
Fazer atitude e um pouco mais aprendi com vocĂȘ
Saber Ă© difĂ­cil o quanto faz tĂŁo perto perceber
TĂŁo vigiado eu ando mas confesso entender

Nem pense sequer no mal
Que vocĂȘ pode se fuder
Essa mesquice anormal
6,1,2,3,4,5!!!

Faz diferença, tudo o que eu não pude ir trås
Quis deixar pra vocĂȘ
Se Ă© feio estar recluso entĂŁo nĂŁo tente desdizer
SĂŁo fortes veteranos bons, supostamente sei
E basta ver a intenção
Mais ou menos tudo o que Ă© distante traz nos tempos
quem te fez
EntĂŁo virar as suas costas, pertinentes bens
Se fazem pensar nos propĂłsitos maus que sĂł vocĂȘ quis
Cala a boca e sossega o pato, inveje sem dizer

Nem pense sequer no mal
Que vocĂȘ pode se fuder
Essa mesquice anormal

Nem pense sequer no mal
Que vocĂȘ pode se fuder
Essa mesquice anormal
6,1,2,3,4,5!!!

Compositor: RĂ©gis Antunes

Encontrou algum erro na letra? Por favor, envie uma correção >

Compartilhe
esta mĂșsica

Ouça estaçÔes relacionadas a Junkyard Dogs no Vagalume.FM

MIX DE MÚSICAS