• Vagalume
  • A-Z
  • Estilos
  • Top 100
  • Playlists
  • Rádio
  • Hot Spots
  • Notícias
  • Play
    PLAY

    Há muito tempo, minha alma de gaiteiro sente os tinidos de uma cordeona, a gemer;
    era meu pai, floreando a gaita, altaneiro, em melodias que herdou em seu viver;
    eu nem sabia, mas meu coração guardava notas e acordes que eu iria aprender;
    e aquela gaita que, insistente, resmungava, eu já escutava antes mesmo de nascer.
    Que lida boa, viver livre a tocar, corações a alegrar por todos esses rincões;
    abraço a gaita e o mundo por inteiro, e esta sina de gaiteiro atravessa as gerações;
    que lida boa, viver livre a tocar, corações a alegrar por todos esses rincões;
    abraço a gaita e o mundo por inteiro, e esta sina de gaiteiro atravessa as gerações.


    Tal qual chinoca, que se entrega num abraço quando é tratada com amor e com carinho,
    minha cordeona se aconchega nos meus braços, e os seus segredos me mostra, devagarinho.
    juntando notas que o velho pai me ensinou com mais algumas que recolho no caminho,
    eu abro o fole e lembro o tempo que passou, e minha alma toca e canta bem baixinho.
    Que lida boa, viver livre a tocar, corações a alegrar por todos esses rincões;
    abraço a gaita e o mundo por inteiro, e esta sina de gaiteiro atravessa as gerações;
    que lida boa, viver livre a tocar, corações a alegrar por todos esses rincões;
    abraço a gaita e o mundo por inteiro, e esta sina de gaiteiro atravessa as gerações.


    Lá no meu rancho, quando a noite vem chegando, com minha prenda vou chimarreando, faceiro;
    de quando em vez, pego a cordeona e vou tocando, honrando alegre este legado verdadeiro;
    repasso agora à toda minha descendência o que ancestrais me confiaram, por herdeiro;
    renova a história e torna alegre a consciência quem traz no sangue esta sina de gaiteiro.
    Que lida boa, viver livre a tocar, corações a alegrar por todos esses rincões;
    abraço a gaita e o mundo por inteiro, e esta sina de gaiteiro atravessa as gerações;
    que lida boa, viver livre a tocar, corações a alegrar por todos esses rincões;
    abraço a gaita e o mundo por inteiro, e esta sina de gaiteiro atravessa as gerações.

    Encontrou algum erro na letra? Por favor, envie uma correção »

    Comente
    user 300 caracteres restantes. Enviar

    Todas as letras de Júlio Cézar Leonardi

    Publicidade
    Notícias
    Mais notícias »
    Hot Spot
    Top Músicas do Vagalume
    Top 100 »

    As informações deste site são postadas integralmente pelos usuários. É importante dizer que é possível que os dados estejam desatualizados ou incorretos, sendo assim, o Vagalume exime-se de qualquer responsabilidade sobre as informações publicadas.Caso haja interesse em remover ou alterar alguma informação, entre em contato conosco.


    É permitida somente a visualização no site das letras de músicas encontradas aqui, vedada sua reprodução através de quaisquer outros meios (Lei 9610/98).Todas as letras de músicas são propriedade dos seus respectivos autores e divulgadas somente para fins educacionais.All lyrics are property and copyright of their owners. All lyrics are provided for educational purposes only.