Butecagem

Julio Andrade e Paulista


Por muito tempo, eu vivi abandonado
Maltratado e humilhado
Por alguém que não me quer
Por muito tempo, vinha só me desprezando
E eu só ficava chorando
Por causa dessa mulher
Até que um dia, resolvi mudar de vida
Esquecer essa bandida e cair na butecagem
Nois curte moda de viola a noite inteira
Nóis segue na bebedeira
Aqui nóis não passa vontade

Vou beber, uma beber duas, beber três
Quem quiser é só chegar, que nois bébe outra vez
Nois vai bebendo dia e noite, noite dia
É cerveja e caipirinha, até o dia amanhecer

La no buteco, não tem vez pra solidão
Nois bébe até cai no chão
Quem não caiu levanta a mão
Nois vai bebendo tudo o que vê pela frente
Jurubeba e aguardente
Pra acabar com essa paixão
Na butecagem todo mundo é companheiro
E quem levantar primeiro pede uma com limão
Na butecagem todo mundo é companheiro
E aquele que cair primeiro, nóis levanta ele do chão

Letra enviada por Playlists do Vagalume

Encontrou algum erro na letra? Por favor, envie uma correção >

Compartilhe
esta música

Ouça estações relacionadas a Julio Andrade e Paulista no Vagalume.FM

MIX DE MÚSICAS