Página inicial > Sertanejo > J > Juliano Cezar > Mulher, Felicidade E Boemia

Mulher, Felicidade E Boemia

Juliano Cezar


A mulher quando quer,insiste bate o pé.
Vai fundo na questão.
A mulher é assim, cheira rosa ou jasmim.
Ela é mais emoção.
E se ama alguém, ultrapassa o além.
Da imaginação.
Seus braços são tentáculos e não há obstáculos.
Para o seu coração.

Mulher é tempero.
De saudade e de alegria.
Ela é felicidade.
De noite e de dia.
De janeiro a janeiro.
É o centro da fantasia.
O caminho mais curto.
Pra chegar a boemia.

Compositor: V .s. Gama

Encontrou algum erro na letra? Por favor, envie uma correção >

Compartilhe
esta música

Ouça estações relacionadas a Juliano Cezar no Vagalume.FM

ÚLTIMAS

MIX DE MÚSICAS

ARTISTAS RELACIONADOS