Página inicial > J > Juliane Guedes > Boneca de Pano

Boneca de Pano

Juliane Guedes


Muito frágil, delicada
Linda com uma mancha de batom
Boneca de pano tão doce, ingênua
Não sabe o que faz
Eu sou Juliane e assim é que faz
Menino, deixe eu ser sua boneca de pano
Pode crer que eu não reclamo

A qualquer hora, em qualquer lugar
Chuva, sol, calor, frio, tempo seco ou um vendaval
Do seu lado eu me sinto segura
Nada nos derruba
Eu agarro nos braços malhados
Vou descendo até em baixo
e imploro
"Fica sempre comigo"

"Você sabe que'u não sou nada sem você
Você é o meu escudo, minha proteção
Meu guia noturno, na escuridão
Baby, não me abandone
Eu fico desesperada sem você

Muito frágil, delicada
Linda com uma mancha de batom
Boneca de pano tão doce, ingênua
Não sabe o que faz
Eu sou Juliane e assim é que faz
Menino, deixe eu ser sua boneca de pano
Pode crer que eu não reclamo

Encontrou algum erro na letra? Por favor, envie uma correção >

Compartilhe
esta música

Ouça estações relacionadas a Juliane Guedes no Vagalume.FM

MIX DE MÚSICAS

ARTISTAS RELACIONADOS