Nunca (tradução)

Juan Fernando Velasco


Nunca


Posso deter meu coração

Posso mudar de voz e envelhecer

Perder o cabelo e a razão


Descobrir a luz de um amanhecer

E entender que não seria capaz

De continuar sem seu calor


Nunca, eu nuca deixarei de te amar

Terás que se acostumar a viver com isso

Deixa, deixa que te abrace forte

Não há nada que eu possa fazer meu amor, desculpe


A partir de ti me entendo

A partir de teu amor sou o que sou

Faço sentido e direção


Nem o imenso mar bastar-me-á

Se não posso sentir o ritmo

E o calor de tua respiração


Nunca, eu nuca deixarei de te amar

Terás que se acostumar a viver com isso

Deixa, deixa que te abrace forte

Não há nada que eu possa fazer meu amor, desculpe


E ainda que o caminho não será

Sempre de rosas, sempre assim

Tu e eu sabemos que no final

Dependerá do nosso amor

Deste amor

Nunca


Puedo detener mi corazón

Puedo cambiar de voz y envejecer

Perder el pelo y la razón


Descubrir la luz de un amanecer

Y comprender que no sería capaz

De continuar sin tu calor


Nunca, yo nuca dejaré de amarte

Tendrás que acostumbrarte a vivir con eso

Deja, deja que te abrace fuerte

No hay nada que yo pueda hacer mi amor, lo siento


A partir de ti me entiendo

A partir de tu amor soy lo que soy

Tengo sentido y dirección


Ni el inmenso mar me bastará

Si no puedo sentir el ritmo

Y el calor de tu respiración


Nunca, yo nuca dejaré de amarte

Tendrás que acostumbrarte a vivir con eso

Deja, deja que te abrace fuerte

No hay nada que yo pueda hacer mi amor, lo siento


Y aunque el camino no será

Siempre de rosas, siempre así

Tú y yo sabemos que al final

Dependerá de nuestro amor

De éste amor

Encontrou algum erro na letra? Por favor, envie uma correção >

Compartilhe
esta música

MIX DE MÚSICAS

ARTISTAS RELACIONADOS