Jovem Dionisio

Te Olhei

Jovem Dionisio


Te olhei em um dia inspirado
Hoje até arrumei meu quarto, segui passo entre passo
E lĂĄ fui eu
E lĂĄ fui eu
Reparei tinha uma tatoo no braço
Na camisa um retraço
E um traço no retrato da minha ex
E eu me alucinei

Pode mandar seu telefone
Te falo, te chamo privado e digo algo pra fazer
Quando mandar seu endereço
Eu saio e fico no raio, te chamo pra vocĂȘ descer

Te olhei num dia inspirado
Hoje até arrumei meu quarto, segui passo entre passo
E lĂĄ fui eu
E lĂĄ fui eu
Reparei tinha uma tatoo no braço
Na camisa um retraço
E um traço no retrato da minha ex
E eu me alucinei

Pode mandar seu telefone
Te falo, te chamo privado e digo algo pra fazer
Quando mandar seu endereço
Eu saio e fico no raio, te chamo pra vocĂȘ descer

E eu, vou levar vocĂȘ lĂĄ em casa
Pode ser a Ășltima vez
Vou fazer coisas que nem imaginava
Mas por enquanto vocĂȘ

Pode mandar seu telefone
Te falo, te chamo privado e digo algo pra fazer
Quando mandar seu endereço
Eu saio e fico no raio, te chamo pra vocĂȘ descerï»ż (x2)

Compositor: Gabriel Dunajski Mendes

Letra enviada por

Encontrou algum erro na letra? Por favor, envie uma correção >

Compartilhe
esta mĂșsica

Ouça estaçÔes relacionadas a Jovem Dionisio no Vagalume.FM

ESTAÇÕES