• Vagalume
  • A-Z
  • Estilos
  • Top 100
  • Playlists
  • Rádio
  • Hot Spots
  • Notícias
  • No início dos anos 90, mais precisamente 1993, o rock brasil começava a ferver novamente. Depois de alguns anos de um certo vazio ou de ressaca para alguns, bandas como os Raimundos, Planet Hemp e Skank começavam a despontar nacionalmente.

    Enquanto isso, em Belo Horizonte, o cenário não podia ser melhor. Tudo aquilo que não acontecera no boom dos anos 80, acontecia agora! Bandas de todos os tipos, tocando em todos os lugares. Festas universitárias, galpões alternativos, inferninhos sagrados… é deste caldeirão que surge o Jota Quest. Batizado inicialmente de J.Quest (somente em 1998 o nome Jota quest será oficializado), os primeiros ensaios contavam com Paulinho Fonseca (bateria), PJ (baixo) e Marco Túlio Lara (guitarra), depois chegou Marcio Buzelin (teclado) e por último Rogério Flausino (vocal).

    A banda se moldou numa mistura sonora peculiar acrescentando black music ao rock e ao pop. Esse tempero tornou-se então o grande diferencial de sua música e mergulhados nesse ambiente quente da capital mineira, ao longo dos anos de 94 e 95, o J.Quest constrói repertório e sonoridade próprias e, no segundo semestre de 95, registram suas canções em seu primeiro álbum independente o J.Quest. O CD tornou-se o passaporte para que, em janeiro de 96, após assinar contrato com a Sony Music, os mineiros embarcassem para são paulo para a gravaçao de seu primeiro CD por uma grande gravadora.

    Produzido por Dudu Marote e gravado nos estúdios Mosh, J.Quest (1996) traz o que a banda havia acumulado na bagagem ao longo de seus primeiros anos de estrada. A participacão de Toni Tornado, ícone da black Brasil nos anos 70, foi um grande presente. A partir dai, pela primeira vez, a banda rodaria o país de ponta a ponta, promovendo o seu primeiro álbum.

    A vocação para estrada era evidente e a popularidade aumentava a cada dia. Nas apresentaçoes ao vivo, o grupo sempre se mostrou contagiante e vigoroso. Essas características passaram a ser uma busca para os álbuns seguintes. Fundir tudo isso não seria tarefa fácil.

    A partir do segundo CD De Volta ao Planeta... (1998) o agora rebatizado Jota Quest apresentava uma sonoridade mais diversa. Cancões, rocks e o pop aliaram-se ao groove do primeiro álbum e, ao final de dois anos de turnê, o CD atinge a marca de 800 mil copias vendidas. Os resultados positivos, a mistura sonora e a identidade marcante apontavam para o que viria a ser uma longa e grata carreira vitoriosa.

    A partir dai seguiram-se os álbuns: Oxigênio (2000), Discotecagem Pop Variada (2002), MTV Ao Vivo (2003), Até Onde Vai (2005) e, finalmente, o mais recente La Plata (2008).

    A soma de suas difereças dá ao grupo uma estética única. O prazer pelo palco e a afinidade entre seus integrantes marcam esta trajetória que, ao que tudo indica, promete capítulos imperdíveis!!! Vida longa ao Jota Quest !!!

    Fonte: site oficial
    Comente
    user 300 caracteres restantes. Enviar


    Publicidade
    Notícias
    Mais notícias »
    Hot Spot
    Top Músicas do Vagalume
    Top 100 »

    As informações deste site são postadas integralmente pelos usuários. É importante dizer que é possível que os dados estejam desatualizados ou incorretos, sendo assim, o Vagalume exime-se de qualquer responsabilidade sobre as informações publicadas.Caso haja interesse em remover ou alterar alguma informação, entre em contato conosco.


    É permitida somente a visualização no site das letras de músicas encontradas aqui, vedada sua reprodução através de quaisquer outros meios (Lei 9610/98).Todas as letras de músicas são propriedade dos seus respectivos autores e divulgadas somente para fins educacionais.All lyrics are property and copyright of their owners. All lyrics are provided for educational purposes only.