El Precio (tradução)

Jose Andrea


O preço


Eu sei que um dia minha chuva tempestade para pará-lo. Espero que a minha vida! Deixe-me, deixe

nevando. Eu tenho muito para dar, mas os meus demônios não querem que eu saia

tentar, se eu cair, eu me juntei cem vezes cem, não importa o preço a ser pago

Eu juro que não haverá amanhecer ao lutar por

estar finalmente livre e nunca param de crescer. O medo me cortejando, minha dança com meu mau dúvida

insuficiência aconselhou-me não declarar vitória até o final

Eu perdi a minha liberdade para acreditar que o mundo acabou aos meus pés

me Segure! Não me deixe cair, Envolver-me a força para ver que amanhã o sol nascerá

para mim também. Ajude-me, dá-me a tua luz, compartilhe comigo a minha cruz, a constância

Lend minha menina emprestar-me em paz!

El Precio


Sé bien que algún día mi tormenta escampará. Espero, ¡mi vida! Que en mí,

deje de nevar. Tengo tanto que dar pero mis demonios no me quieren dejar.

Intentaré, si he de caer, incorporarme, cien veces cien, sin importarme el

precio que haya que pagar. Juro que no habrá amanecer en el que no luche por

ser libre al fin y no deje nunca de crecer. El miedo me corteja, Bailan mis

dudas con mi mal, el fracaso me aconseja que no cante victoria hasta el

final. Perdí mi libertad por creer que el mundo terminaba a mis pies.

¡Abrázame! No me dejes caer, arrópame con la fuerza de ver que mañana el sol

saldrá para mí también. Ayúdame, dame tu luz, comparte conmigo mi cruz,

Préstame constancia mi niña, ¡préstame paz!

Encontrou algum erro na letra? Por favor, envie uma correção >

Compartilhe
esta música

MIX DE MÚSICAS

ARTISTAS RELACIONADOS