Xangô

Jorgynho Chinna


Eu desabei
E levantei, já tô legal
Xangô é rei
E foi ai que eu me apeguei com fé
Nem vi quando o vento virou
Rolaram as águas sem querer
Chora aqui no peito aquela calmaria

Eu quebrei pedras
Que ainda não chegou ao fim
Tem outras pedras
Nesse caminho por aí
Eu vou sem medo algum de tropeçar
E se cair vou levantar de novo
O chão não é lugar de um filho de Xangô
Que não se cansa nunca, luta sempre ao meu lado
E me faz entender que é bom tomar cuidado
Pra não ser apunhalado

Xangô é rei
Sou filho de um rei, meu pai
Xangô é pai
E o filho de meu pai, é rei
E pela lei eu vou ser sempre um vencedor
Salve a justiça de Xangô
Um mundo de felicidade
Xangô é rei

Xangô é rei
(Xangô é rei)
Sou filho de um rei, meu pai
Xangô é pai
E o filho de meu pai, é rei
E pela lei eu vou ser sempre um vencedor
Salve a justiça de Xangô
Um mundo de felicidade

Eu desabei
E levantei, já tô legal
Xangô é rei
E foi ai que eu me apeguei com fé
Nem vi quando o vento virou
Rolaram as águas sem querer
Chora aqui no peito aquela calmaria

Eu quebrei pedras
Que ainda não chegou ao fim
Tem outras pedras
Nesse caminho por aí
Eu vou sem medo algum de tropeçar
E se cair vou levantar de novo
O chão não é lugar de um filho de Xangô
Que não se cansa nunca, luta sempre ao meu lado
E me faz entender que é bom tomar cuidado
Pra não ser apunhalado

Xangô é rei
Sou filho de um rei, meu pai
Xangô é pai
E o filho de meu pai, é rei
E pela lei eu vou ser sempre um vencedor
Salve a justiça de Xangô
Um mundo de felicidade
Xangô é rei

Xangô é rei
(Xangô é rei)
Sou filho de um rei, meu pai
Xangô é pai
E o filho de meu pai, é rei
E pela lei eu vou ser sempre um vencedor
Salve a justiça de Xangô
Um mundo de felicidade

Salve a justiça de Xangô
Um mundo de felicidade
Salve a justiça de Xangô
Um mundo de felicidade
Salve Xangô

Letra enviada por Playlists do Vagalume

Encontrou algum erro na letra? Por favor, envie uma correção >

Compartilhe
esta música

Ouça estações relacionadas a Jorgynho Chinna no Vagalume.FM

MIX DE MÚSICAS