Vôo Cego

Jorge Vercillo

Todos Nós Somos Um


Sem olhar o céu
sinto ele passar
arrastando estrelas
sobre o que eu pensar
Minha intuição
noite sem luar
Vôo cego de morcego,meu radar

Quase sem sentir
veio inspiração
Aflorou com o cheiro que a terra dá
nas chuvas de verão
e o que quer de mim
nunca vi saber
hoje posso ao menos procurar

Quem já nasce feito
nao sabe desse dom
De tirar sustento
da imaginação


Quem já nasce feito
nao sabe desse dom
Construir castelo
que nascem na ilusão

Tente imaginar como pode ser
quando o livre arbítrio,nós fizermos jus
e o que
quer de nós,esse tal poder?
Toda escolha traz uma renúncia à luz

Só se dá valor pela privação
Só quem já cruzou desertos
saberá chorar em frente ao mar
Só nos cabe a dor, frente a evolução
mas não precisava ser assim

Por que só na pele
se vê o que se faz?
Como só as guerras
nos fazem ver a paz
Por que só na fome,na dor,na solidão
onde todos os homens
descobrem-se irmãos?



(enviado por:Rahh)

Encontrou algum erro na letra? Por favor, envie uma correção >

Compartilhe
esta música

Ouça estações relacionadas a Jorge Vercillo no Vagalume.FM

ÚLTIMAS

MIX DE MÚSICAS

ARTISTAS RELACIONADOS