Camafeu Guerreiro

Jorge Vercillo

Todos NĂłs Somos Um


Para defender quem Ă© puro eu brigo
Um capoeira,um Besouro vivo
Banda e rasteira na hipocrisia seu ZĂ©
Alma guerreira,corpo franzino
NĂŁo quero mais do que Ă© meu no mundo
Se um Camafeu de OxĂłssi desce em mim
rabo-de-arraia na covardia, seu ZĂ©
Que a vida é questão de fé

Oh,meuĂȘ,Camafeu vem lĂĄ
Oh meuĂȘ,oh meuĂȘ oneomĂĄ
ParanauĂȘ,paranauĂȘ,ParanĂĄ

Para defender quem Ă© puro eu brigo
Guerreiro da luz, semeio amigos
Banda e rasteira na hipocrisia,seu ZĂ©
Meu povo Ă© doce mas aguerrido
VĂ­cio Ă© VinĂ­cius, vitĂłria Ă© Victor
por isso eu chamo Gabi de abrigo
Rabo-de-arraia na covardia,seu ZĂ©
que a vida é questão de fé

Oh,meuĂȘ,Camafeu vem lĂĄ
Oh meuĂȘ,oh meuĂȘ oneomĂĄ
ParanauĂȘ,paranauĂȘ,ParanĂĄ

Compositor: Jorge Vercilo / Paulo CĂ©sar Feital

Encontrou algum erro na letra? Por favor, envie uma correção >

Compartilhe
esta mĂșsica

Ouça estaçÔes relacionadas a Jorge Vercillo no Vagalume.FM

ÚLTIMAS

MIX DE MÚSICAS

ARTISTAS RELACIONADOS