Página inicial > J > Jorge Guedes e Família > Pra Pastorejar a Pátria

Pra Pastorejar a Pátria

Jorge Guedes e Família


Sou um guitarreiro
Que canta de toda goela
E as ânsias verde amarelas
Tremulam em minha estampa
Sou ave rara que solitária resiste
E por isso meu canto é triste
Como agonia de pampa

Tenho pra pátria
O mais sagrado respeito
E no potreiro do meu peito
Rincha um coração feliz
Pingo encilhado
Na barranca da fronteira
Vou passar a vida inteira
Pastorejando o país

Igual caliandra
Que só canta em liberdade
Eu vivo na soledade
E rondo este chão com empenho
De lança afiada
E sentimento febril
Anda comigo o Brasil
Na anca de um pingo que eu tenho

Meu bisavô
Que era um quixote missioneiro
Fez este chão brasileiro
Que é uma flor que não se esvai
Por isso eu que sou cantor das pulperias
Rego a flor todos os dias
Com a água do Uruguai

Olho lá longe
Uma estrela no lampejo
E me parece que ainda vejo
No garrão desta fronteira
A indiada potra
Que afiando a ponta da lança
Deixou o Rio Grande de herança
Pra comunhão brasileira

De céu e campo
É minha paisagem interior
Por dentro eu tenho um corredor
Para estradear antigas auras
Sou quebra freio
Vaqueano das madrugadas
E gosto de pedir boladas
Aonde afrouxam os mais tauras

Letra enviada por Playlists do Vagalume

Encontrou algum erro na letra? Por favor, envie uma correção >

Compartilhe
esta música

Ouça estações relacionadas a Jorge Guedes e Família no Vagalume.FM

MIX DE MÚSICAS