Página inicial > J > Jorge Guedes e Família > Para Alguns Iluminados

Para Alguns Iluminados

Jorge Guedes e Família


Porte de pequeno infante
E poeta que ouvia o sem fim
Assim era ho chi minh
Mais que guerreiro um gigante
Como um cavaleiro andante
Tinha o aprumo de um bravo
Aroma de selva e cravo
Na velha ásia nativa
Com uma verdade altiva
"Meu povo não será escravo! "

"Nunca seremos felizes! "
Declarou el libertador
Símon bolívar lidador
Que fecundou as raizes
E traçou as diretrizes
De um novo amanhecer
E com llanero saber
Disse sem fazer rodeios
"Que a liberdade é sem receios
Pois hesitar é morrer! "

Nacionalismo genuino
Matizado de esperança
De gaule era a própria frança
Com seu trágico destino
Grandeza de paladino
Com vento, com sol, com chuva
E qual cerne de trimbaúva
Seu sonho não pereceu
Pois o dia que ele morreu
A frança é que ficou viúva!

Fidel castro herói cubano
Com josé martí & guevara
Um nuevo tiempo se escancara
No ideário bolivariano
E o continente americano
Com mil colores no mastro
Percebe de longe o rastro
Que ninguém apagará
Pois a história absolverá
O comandante fidel castro!

Das legendárias missões
Até os confins do maranhão
Ficou um sulco no chão
E uma luz nos corações
E assim em muitos rincões
Teu exemplo é uma oferenda
Pois nunca estivestes a venda
Em tua postura vertical
Velho maestro imortal
Luís carlos prestes-legenda!

Por tudo isso meu irmão
Ao cantar essa milonga
Minha memória se alonga
E anda a vagar na amplidão
Pois sei que não morrerão
No meio dos pigmeus
Os que cristãos ou ateus
Foram tocados com glória
Pela mão grande da história
E o dedo mingo de Deus!

Letra enviada por Playlists do Vagalume

Encontrou algum erro na letra? Por favor, envie uma correção >

Compartilhe
esta música

Ouça estações relacionadas a Jorge Guedes e Família no Vagalume.FM

MIX DE MÚSICAS