Página inicial > Forró > J > Jorge de Altinho > Saudade Matadeira

Saudade Matadeira

Jorge de Altinho


Olha como eu to, não é brincadeira
Até danei a faca, no tronco da bananeira
Olha como eu to, não é brincadeira
A saudade continua cada vez mais matadeira

Quem quiser amor procure
Nos quatro cantos do mundo
Quem quiser amor profundo
Cuide para não afundar
Quem quiser amor a cores
Ache o fim do arco-íris
Quem quiser amor no pires
Beba o leite devagar

Quem quiser amor no escuro
Lamba o dedo apague a vela
Feche a porta com a tramela
Que é pro amor não se assombrar
Quem quiser que o amor aumente
Não enguice quem se ama
Quem só quer o amor na cama
Diz que ama sem amar









***************************
Enviado por:

Luiza - Rio de Janeiro

Compositor: (eliezer Sélton)

Letra enviada por LuCunha

Encontrou algum erro na letra? Por favor, envie uma correção >

Compartilhe
esta música

Ouça estações relacionadas a Jorge de Altinho no Vagalume.FM

MIX DE MÚSICAS

ARTISTAS RELACIONADOS