Página inicial > Forró > J > Jorge de Altinho > Coração Nordestino

Coração Nordestino

Jorge de Altinho


Eu vim da terra do Sol
Onde o vento faz a curva
Lá aonde a água é ouro
E jabuticaba é uva
Vim num balanço da rede
No aboio do vaqueiro
No floreiro da sanfona
Num passarinho de canteiro
Trouxe no fundo do meu peito
Um verão todo estrelado
Brisa das ondas do mar
Som do mugido de gado
Uma nascente nos olhos
No matulão da saudade
Pra toda vez que eu lembrar
Das coisas da minha cidade

Vim num galope de um sonho/ ê boi ê boi
Nas asas do meu destino/ ê boi ê boi
Coragem não tem tamanho
Nesse cabloco risonho
De coração nordestino

Eu sinto orgulho de mim
E do trabalho que faço
Do meu sotaque raiz
E da pessoa que abraço
Eu sou a ponte a estrada
Eu sou a praça o metrô
Da mais humilde tarefa
Até chegar a doutor
Eu sou o dom do artista
Sou o voto que decide
Condições, melhores dias
Até pra vida de quem me agride
Mas isso eu tiro de letra
Gosto mesmo é de forró
Cama, cachaça da boa
Nos braços do meu xodó

Compositor: Nino

Encontrou algum erro na letra? Por favor, envie uma correção >

Compartilhe
esta música

Ouça estações relacionadas a Jorge de Altinho no Vagalume.FM

MIX DE MÚSICAS

ARTISTAS RELACIONADOS