Página inicial > Samba > J > Jorge Ben Jor > Waldomiro Pena

Waldomiro Pena

Jorge Ben Jor


Esta é a história de Waldomiro Pena, o cândido
O último repórter policial romântico
Salve Waldomiro Pena, o cândido!

Waldomiro anda muito preocupado
Com as idéias de seu editor
Que querendo modernizar o jornal
Cerra e esquece o romantismo
Que ele criou e ele conquistou

Waldomiro Pena mora no bairro do Flamengo
Num quarto e sala displicente e decorado
Onde depois da matinal - média e pão com manteiga
Num boteco da esquina, às pressas manda botar na conta
E se manda para o jornal, a folha popular, a sua glória nacional

Bate o ponto, pega uma velha perua e com a sua gangue cai nas ruas

Transando com gente de todo tipo e espécie
Como, por exemplo, camelôs, policiais
Bicheiros, sambistas, otários e marginais

Waldomiro Pena topa toda hora
Com lances incríveis e perigosos
Sem perder o seu humor heróico e romântico
Salve Waldomiro Pena, o cândido!

Compositor: Jorge Ben

Encontrou algum erro na letra? Por favor, envie uma correção >

Compartilhe
esta música

Ouça estações relacionadas a Jorge Ben Jor no Vagalume.FM

ÚLTIMAS

MIX DE MÚSICAS

ARTISTAS RELACIONADOS