Cigarros pelo muro

Jonnata Doll & Os Garotos Solventes


Sempre acreditei que os amigos de verdade
Eram aqueles que jogavam por cima do muro
Cigarros pra mim

Papai e mamãe trouxeram o lanche
Por fora eles estão sorrindo
Mas por dentro querem chorar

Homens de um lado, mulheres do outro
Mas na hora da visita todos mixturados esperando chegar

Será que eu vou voltar? Será que eu vou voltar?

Diga à ela que eu não fugi
Que aquele sinal feio ninguém curtiu
Diga à ela que não se ama não
Só por gratidão e aqui estou, então

Vou para o quintal testar meus super poderes
Projetar uma sombra colorida dos meus amigos vindo aqui

Com o meu poder transformei um lençol numa forca
Mas bem na hora H minha mãe chega para evitar

Lá vem a doutora, seu jaleco branco
Por fora ela é simpática, mais alta, nunca vai me dar

Será que eu vou voltar? Será que eu vou voltar?

Diga à ela que eu não fugi
Que aquele sinal feio ninguém curtiu
Diga à ela que não se ama não
Só por gratidão e aqui estou, então

Letra enviada por

Encontrou algum erro na letra? Por favor, envie uma correção >

Compartilhe
esta música

Ouça estações relacionadas a Jonnata Doll & Os Garotos Solventes no Vagalume.FM

MIX DE MÚSICAS