Página inicial > Samba > J > Jongô > Qual É / Sunday Morning

Qual É / Sunday Morning

Jongô


Hiemolai hiemolai hiemolai iê (x4)

Ih, eu tenho algo a dizer
Explicar pra você
Mas não garanto porém
Que engraçado eu serei dessa vez
Para os parceiros daqui
Para os parceiros de lá
Se você se porta como um homem, um homem
Será?
Que você mantém a conduta
Será?
Que segue firme e forte na luta
Aonde os caminhos da vida vão te levar
Se você aguenta ou não
O que será, será
Mas sem esse caô de que 'tá ruim, não dá
Isso eu já vi, vivi, venci, deixa pra lá
'Tá ruim pra você
Também 'tá ruim pra mim
'Tá ruim pra todo mundo
O jogo é assim
Sem sorte no jogo
Feliz no amor
Quem nasceu pra malandragem
Não quer ser doutor
Há quinhentos anos
Essa banca manda a vera
Abaixou a cabeça já era, então diz

Essa onda que tu tira, qual é?
Essa marra que tu tem, qual é?
Tira onda com ninguém, qual é?
Qual é neguinho, qual é?

Então vem
Devagar no miudinho
Então vem
Chega devagar no sapatinho
Malandro que sou
Não vou vacilar
Sou o que sou
E ninguém vai me mudar
Porque eu tenho um escudo
Contra o vacilão
Papel e caneta
E um mic na minha mão
E é isso que é preciso
Coragem e humildade
Atitude certa na hora da verdade
Então me diz o que eu preciso para evoluir?
Me diz o que eu preciso pra sair daqui?
O samba é o som, o Brasil é o lugar
O incomodado que se mude
Eu 'to aqui pra incomodar
Ô, de que lado você samba?
Você samba de que lado?
Na hora que o coro come é melhor 'tá preparado
E lembrando de Chico comecei a pensar
Que eu me organizando posso desorganizar

Sunday morning, rain is falling
Steal some covers, share some skin
Clouds are shrouding us
in moments unforgettable
You twist to fit the mold that I am in

But things just get so crazy
living life gets hard to do
And I would gladly hit the road
get up and go if I knew
That someday it would lead me back to you
That someday it would lead me back to you
(someday)

That may be all I'll need (all I need)
In darkness, she is all I see (all I see)
Come and rest your bones with me
Driving slow on Sunday morning
And I never want to leave

Fingers trace your every outline
Paint a picture with my hands
Back and forth we sway
like branches in a storm
Change the weather, still together
when it ends

That may be all I'll need
In darkness, she is all I see
Come and rest your bones with me
Driving slow on Sunday morning
And I never want to leave, yeah

Oh, ah yeah
But things just get so crazy
living life gets hard to do
Sunday morning
rain is falling and I'm calling out to you
Singing, someday it'll bring me back to you
Find a way to bring myself back home to you

You may not know that may be all I'll need
In darkness, she is all I see
(you are all I see)
Come and rest your bones with me
Driving slow on Sunday morning
(and I never want to leave)
Driving slow (yeah, yeah, ah, yeah, yeah)

Compositor: Marcelo Peixoto, David Corcos, Jesse Carmichael, Adam Levine, Ryan Dusick, Mickey Madden

Letra enviada por Jongô

Encontrou algum erro na letra? Por favor, envie uma correção >

Compartilhe
esta música

Ouça estações relacionadas a Jongô no Vagalume.FM

MIX DE MÚSICAS