Página inicial > J > João Pirambu > Vagabundo Vagalume

Vagabundo Vagalume

João Pirambu


Me sento nessa calçada
Nessa preguiça, nessa apatia
Sou dono da rua, do nada
Sombra que é minha já não me guia
Vagabundo da noite e do dia
Vagalume que nos alumia

Sou dono dessas calçadas
Da fome que tu sacias
Meu medo, meu pé nessa estrada
Tangido pela ventania
Molhado no suor dos santos
Que tremem na revelia
Vagabundo da noite e do dia
Vagalume que nos alumia

Me sento na praça do povo
E era um país ou alguma agonia
Me sento no meio do povo
Meio transe ou fantasia
Vagabundo da noite e do dia
Vagalume que nos alumia

Que eu não esperava nada
Só queria uma sangria
Metade cabeça virada
história assim não se inicia
Viver querendo ser santo
Pra morrer na revelia
Vagabundo da noite e do dia
Vagalume que nos alumia

Encontrou algum erro na letra? Por favor, envie uma correção >

Compartilhe
esta música

Ouça estações relacionadas a João Pirambu no Vagalume.FM

MIX DE MÚSICAS