Sos Miquinhos

João Penca & Seus Miquinhos Amestrados


Estou amando loucamente
Uma lambisgóia que só tem dois dentes
E o cabelo dela, parece até bombril de arear panela
Não tem nenhum talento
Só ganha pro sustento
E além de tudo tem corrimento
Ou ou
Ahhhh! Pega minha lá lá lá....lá lá lá
Não tá com nada, o o
Não tá com nada
Menina linda eu te adoro
Menina pura como a flor
Minha boneca vais pegar
E crescerá o nosso amor
Feche os olhos e sinta
Dois metros e trinta
É pouco, mas é tudo pra você
Eu não sei como é
O dos outros meninos
Mas o meu ainda pode crescer
Entrei dentro da Augusta
A cento e vinte por hora
As teias de aranha foi botando pra fora
Lastrei o meu careca sem usar vaselina
Encostado no murinho da esquina
Vai, vai toni
Vai, vai, nêgo
E eu que achava grande o seu dedo
Se você quer me dar
E acha que eu tenho o meu pequeno
Se enganou meu bem, pode vir quente que já está
crescendo
Pode tirar o seu
Que o meu é do tamanho de um trem
Igual a você
Eu já comi mais de cem
Pode vir quente que já está crescendo
E ela é horrível
E ela é horrível
Espalha o medo aonde vai
E ela é horrível
E ela é horrível
Espanta a mãe
Espanta o pai
E ela é horrível
E ela é horrível
Espalha o medo aonde vai
E ela é horrível
E ela é horrível
Espanta a mãe
Espanta o pai

Compositor: João Penca E Seus Miquinhos Amestrados

Encontrou algum erro na letra? Por favor, envie uma correção >

Compartilhe
esta música

Ouça estações relacionadas a João Penca & Seus Miquinhos Amestrados no Vagalume.FM

ÚLTIMAS

MIX DE MÚSICAS

ARTISTAS RELACIONADOS