Menino Prodígio

João Penca & Seus Miquinhos Amestrados


Todo dia de manhã, me transformo num galã
Penteio meu cabelo, coloco o uniforme
Conforme for, eu descolo uma maçã
E coloco sobre sua respeitável mesa
Eu tirei zero no teste-surpresa (Zero!)
Mas fico satisfeito só em vê-la

Eu queria ser o diretor da escola,
Pelo menos tinha chance de ela me dar bola
Um belo dia, a gente vai se reencontrar
Estou certo de que ela ainda vai se lembrar
Ou então, quem sabe, até,
A gente vá para um motel!

Querida, linda, professora!
Querida, linda, professora!
Querida, linda, professora!
Querida, linda, professora!

Ou então, quem sabe, até,
A gente vá para um motel!

Todo dia de manhã, me transformo num galã
Penteio meu cabelo, coloco o uniforme
Conforme for, eu descolo uma maçã
E coloco sobre sua respeitável mesa
Eu tirei zero no teste-surpresa (Zero!)
Mas fico satisfeito só em vê-la

Eu queria ser o diretor da escola,
Pelo menos tinha chance de ela me dar bola
Um belo dia, a gente vai se reencontrar
Estou certo de que ela ainda vai se lembrar
Ou então, quem sabe, até,
A gente vá para um motel!

Querida, linda, professora!
Querida, linda, professora!
Querida, linda, professora!
Querida, linda, professora!

Ou então, quem sabe, até,
A gente vá para um motel!

Compositor: Guto Barros/ Léo Jaime

Encontrou algum erro na letra? Por favor, envie uma correção >

Compartilhe
esta música

Ouça estações relacionadas a João Penca & Seus Miquinhos Amestrados no Vagalume.FM

ÚLTIMAS

MIX DE MÚSICAS

ARTISTAS RELACIONADOS