• Vagalume
  • A-Z
  • Estilos
  • Top 100
  • Playlists
  • Rádio
  • Hot Spots
  • Notícias
  • Play
    PLAY

    Quero-me teu
    (João Morgado)


    Foi inebriante fixar-me em ti e meus olhos viram
    Despindo esse corpo em brasa duma só vez
    Será que nem sentiste que meus lábios te despiram
    No mais secreto, banhando essa macia tez

    Senti quando os meus dedos te tocaram
    Tremeres, parecendo espasmos em frenesim
    Se foram estes os vícios que um dia me geraram
    Assim entendo esta convulsão que trago em mim

    Não sou eu que te quero. Não sou senhor de mim
    Mas se hoje te respiro e choro e sorvo, não sou eu
    É o Demo que me tenta e agita e me tira o Céu

    É a carne que me escalda e súplica sem fim
    Não ardas nem apagues esta chama, tão fugaz assim
    Que me quero derretido em teu corpo, quero-me teu!

    Encontrou algum erro na letra? Por favor, envie uma correção »

    Comente
    user 300 caracteres restantes. Enviar

    Todas as letras de João Morgado

    Publicidade
    Notícias
    Mais notícias »
    Hot Spot
    Top Músicas do Vagalume
    Top 100 »

    As informações deste site são postadas integralmente pelos usuários. É importante dizer que é possível que os dados estejam desatualizados ou incorretos, sendo assim, o Vagalume exime-se de qualquer responsabilidade sobre as informações publicadas.Caso haja interesse em remover ou alterar alguma informação, entre em contato conosco.


    É permitida somente a visualização no site das letras de músicas encontradas aqui, vedada sua reprodução através de quaisquer outros meios (Lei 9610/98).Todas as letras de músicas são propriedade dos seus respectivos autores e divulgadas somente para fins educacionais.All lyrics are property and copyright of their owners. All lyrics are provided for educational purposes only.