• Vagalume
  • A-Z
  • Estilos
  • Top 100
  • Playlists
  • Rádio
  • Hot Spots
  • Notícias
  • Play
    PLAY

    Oh…orvalhada
    (João Morgado)´

    Oh… inspiração de muitos poetas!
    O tempo não te monta, minha musa
    Porque brilhas, se és reflexo,
    De meretriz deste Universo…
    Sonoro encanto de harmoniosa cadência,
    Mulher, amor, ser complexo!
    Louca imagem, à qual faço reverencia

    Foram os amores de ontem, que te acabaram assim,
    Adorno doce, aos meus olhos sonhadores.
    Continua enamorada
    Maga, fada encantada
    Parindo fantasia nestes sopros obcecados
    Como mulher felina mal amada
    És luxúria, neste mate de arrenegados

    Oh… orvalhada do meu encanto, deleite e pranto.
    Pão doce, proibido na dieta
    Fonte de refluxo expedito!
    Mar bravio de ondas em grito,
    Que fustigas estas areias geladas
    E assim aquecendo este sangue me agito
    Sonhando com dias e noites mais agitadas.

    Encontrou algum erro na letra? Por favor, envie uma correção »

    Comente
    user 300 caracteres restantes. Enviar

    Todas as letras de João Morgado

    Publicidade
    Notícias
    Mais notícias »
    Hot Spot
    Top Músicas do Vagalume
    Top 100 »

    As informações deste site são postadas integralmente pelos usuários. É importante dizer que é possível que os dados estejam desatualizados ou incorretos, sendo assim, o Vagalume exime-se de qualquer responsabilidade sobre as informações publicadas.Caso haja interesse em remover ou alterar alguma informação, entre em contato conosco.


    É permitida somente a visualização no site das letras de músicas encontradas aqui, vedada sua reprodução através de quaisquer outros meios (Lei 9610/98).Todas as letras de músicas são propriedade dos seus respectivos autores e divulgadas somente para fins educacionais.All lyrics are property and copyright of their owners. All lyrics are provided for educational purposes only.