Pai, Amigo Pai

João Mineiro e Marciano


Pai, você sempre quis que eu fosse bom
Pai, com você eu sei que aprendi bem mais
Hoje eu encaro a vida, e não tenho medo
Mas a recordação faz doer demais!

Pai você não queria me ver partir
Quando eu saí de casa, você chorou
Mas eu voltava sempre pra te abraçar
Quando você saiu nunca mais voltou

Pai amigo, pai, mas que saudade!
Hoje, ainda, amanheci pensando
Se eu pudesse te encontrar à tarde!
Pai, amigo, pai, mas que saudade!
Hoje, ainda, amanheci pensando
Se eu pudesse te encontrar à tarde!
Com você jantar, conversar de novo
Te contar meus planos e me abençoar!

Pai você não queria me ver partir
Quando eu saí de casa você chorou
Mas eu voltava sempre pra te abraçar
Quando você saiu, nunca mais voltou

Pai, amigo pai, mas que saudade!
Hoje, ainda, amanheci pensando
Se eu pudesse te encontrar a tarde
Pai, amigo pai, mas que saudade!
Hoje, ainda, amanheci pensando

Se eu pudesse te encontrar a tarde
Com você jantar, conversar de novo
Te contar meus planos e me abençoar!

Letra enviada por Playlists do Vagalume

Encontrou algum erro na letra? Por favor, envie uma correção >

Compartilhe
esta música

Ouça estações relacionadas a João Mineiro e Marciano no Vagalume.FM

ÚLTIMAS

MIX DE MÚSICAS

ARTISTAS RELACIONADOS