Orgulho e Ciúmes

João Mineiro e Marciano

Filho de Jesus


Por ver tua revolta tão amargurado estou
Pois isto não inspira simpatia a ninguém
Desce das alturas que o orgulho te levou
E seja simplesmente a mulher que eu quero bem
Eu sei que o ciúme transformou a tua mente
Levou a te esquecer até a própria educação
Mas custa vir a crer que sendo tão inteligente
Não vê que eu te amo e que o ciúme é sem razão

Tu pedes que eu perdoa esta bem por esta vez
Mas ninguém nunca me fez transformar meu proceder
Se um dia repetir meu amor tenha certeza
Nem que morra de tristeza nunca mais quero te ver

Florzinha perfumada que enfeita o meu viver
Querida companheira, minha doce inspiração
Esqueça o ciúme e procure me entender
Não traz o sofrimento a quem te deu o coração
Eu sinto amargura remoendo em meu peito
E sofro caladinho minha triste solidão
Eu sei que não mereço ser tratado desse jeito
Te dou só alegria e recebo ingratidão

Letra enviada por Playlists do Vagalume

Encontrou algum erro na letra? Por favor, envie uma correção >

Compartilhe
esta música

Ouça estações relacionadas a João Mineiro e Marciano no Vagalume.FM

ÚLTIMAS

MIX DE MÚSICAS

ARTISTAS RELACIONADOS