Página inicial > Sertanejo > J > Jõao Marcos e Marcelo > Patricinha Baladeira

Patricinha Baladeira

Jõao Marcos e Marcelo


Você diz que eu naum presto e me ignora
Me deixa falando sozinho e vai embora
Briga, chinga, chuta, chora, ela faz barraco
Depois me diz que o nosso caso a dois já deu no saco
Eu tentei, eu te amei
Bem mais que eu podia
Coração se cansou
De levar porrada do amor

(Refrão)

Você se acha, mas não se encaixa
Você é uma patricinha baladeira
Me detonava, mas eu te amava
Se preciso te esperava a noite inteira
Você se acha, mas não se encaixa
Você é uma patricinha baladeira
Não sou brinquedo, não tenho medo
Você pode me xingar, me humilhar
Que eu não tô nem aí
Você era especialista em me dar o fora
Agora que tudou mudou
Sou eu quem te ignora
Vem correndo atrás de mim
Pode até tentar
Mas eu já to pegando outra
Agora é só olhar
Eu tentei, eu te amei
Bem mais que eu podia
Coração se cansou
De levar porrada do amor

(Refrão)

Enviado por: Kelvin Ribeiro

Compositor: João Marcos / Laurinho Souza

Encontrou algum erro na letra? Por favor, envie uma correção >

Compartilhe
esta música

Ouça estações relacionadas a Jõao Marcos e Marcelo no Vagalume.FM

MIX DE MÚSICAS

ARTISTAS RELACIONADOS