Madrugada

João Estrella


Era um dia tão chuvoso
Tinha jeito de final
Os instintos me diziam
Que algo ia mal

Mergulhado nos seus braços
Você vai me dizer
Pra onde eu vou correr
As palavras nos seus lábios
Tão macias e cruéis
Eu tento esquecer

Madrugada interminável
Esperando por ninguém
De repente abri os olhos
E te vi na minha frente

Vou voar pra algum lugar
Bem no topo da maldade
Pra poder olhar de cima
Sua sombra tão distante
Do que eu imaginei
E sempre alcancei

Vou voar pra algum lugar
Bem no topo da maldade
Pra poder olhar de cima
Sua sombra tão distante
Do que eu imaginei
E sempre alcancei

Encontrou algum erro na letra? Por favor, envie uma correção >

Compartilhe
esta música

Ouça estações relacionadas a João Estrella no Vagalume.FM

MIX DE MÚSICAS

ARTISTAS RELACIONADOS