Tristezão

João Carreiro & Capataz


Tava no Rio de janeiro bolso cheio de dinheiro
Dançando com as mulatas
Era muito cobiçado
Tava todo enfeitado cheio de ouro e de prata
Mas quando eu fui da um beijo pra mostrar o meu desejo
Eu sinti um biliscão
Era minha mulher feia torcendo a minha orelha
Me bateu o tristezão

Um dia um parente meu seu carro ele me cedeu
Conversivel importado
Tinha tomado umas cana
Fui me sintino bacana, sai bem acelerado
Sinal fechado eu furei na contra mão eu entrei
Me topei com o camburão
Pra cadei fui levado, estou sendo processado
Me bateu o tristezão

Tava numa violada feliz com mulherada
Vi a noite vira dia
Muita cerveja gelada picanha e galinhada
Que farturão sem quantia
Fui comendo e fui bebendo o barrigão foi enchendo
Começou a queimação
O cabeção foi pesando
Já senti se aproximando
O maudito tristezão

Procurando uma paquera fui no site da galera
Veja só o resultado
Conheci uma fulana
Me pareceu tão bacana que fiquei apaixonado
O encontro foi marcado fui muito bem arrumado
Meu deus que decepção
Quase que me deu um treco
Quando vi era um traveco
Me bateu o tristezão

Encontrou algum erro na letra? Por favor, envie uma correção >

Compartilhe
esta música

Ouça estações relacionadas a João Carreiro & Capataz no Vagalume.FM

MIX DE MÚSICAS

ARTISTAS RELACIONADOS