Sistema Bruto

João Carreiro & Capataz

Bão Tamém


Nosso povo sertanejo sacudiu a Capital,
viola e violão é atração nacional;
População da cidade hoje gosta e admira,
vejo o povo da alta no nosso estilo caipira;

Amigo preste atenção, o talento é nato e não se faz,
é o nosso Sistema Bruto João Carreiro e Capataz.

Minha viola é caipira, tem as dez cordas de aço,
de janeiro a janeiro ela tini nos meus braços;
Nunca tive professor pra fazer o que eu faço,
eu canto desde menino e nunca tive embaraço;

Amigo preste atenção, o talento é nato e não se faz,
é o nosso Sistema Bruto João Carreiro e Capataz.

Meu pagode é violento, é igual às ondas do mar,
quando passa um vem outro para ocupar o seu lugar;
Minha viola é venosa e só espalha alegria
tristeza não passa perto porque se contagia;

Amigo preste atenção, o talento é nato e não se faz,
é o nosso Sistema Bruto João Carreiro e Capataz.

No castelo sou um rei, no mar sou um tubarão,
no truco eu sou um zape e na selva sou leão;
Na terra sou uma carreta e no ar sou um avião,
no braço desta viola sou violeiro campeão;

Amigo preste atenção, o talento é nato e não se faz,
é o nosso Sistema Bruto João Carreiro e Capataz.

Compositor: João Carreiro E Capataz

Encontrou algum erro na letra? Por favor, envie uma correção >

Compartilhe
esta música

Ouça estações relacionadas a João Carreiro & Capataz no Vagalume.FM

MIX DE MÚSICAS

ARTISTAS RELACIONADOS