Página inicial > J > João Carlos > Nevoeiro da Solidão

Nevoeiro da Solidão

João Carlos


Você me veio como o vento na noite e soava tão bem
Imaginei como seria o céu sem as estrelas
e os versos sem você também
Seria apenas um estrago da realidade, seria só distorção
Mas também poderia ser o alvo da decepção


E agora que já não se esconde vou lhe perdurar
Neste meu universo ate quando acordar
Se for preciso pernoitar em meio a escuridão
Vou ate quando neste nevoeiro da solidão


Inevitáveis sombras destes meus sonhos levara-me além
Os traços no horizonte negro
revelou seu rosto distante e ai meu bem
Empecilhos que insistiam se afastaram
do meu desejo vital
Me vi ali destituído e dissipado de todo mal

Letra enviada por Leandro Saueia

Encontrou algum erro na letra? Por favor, envie uma correção >

Compartilhe
esta música

Ouça estações relacionadas a João Carlos no Vagalume.FM

MIX DE MÚSICAS