Sorte é ter você

João Bosco e Vinícius

Indescritível


Eu venho de sonhos vividos
Amores fracassados, de ilusões perdidas
Passos caminhados de um deserto
Que eu tento me esconder

Andei por toda a cidade, coração quebrado
Sem querer eu sempre quis alguém do lado
E o destino veio e me trouxe você

E o meu coração, partido em ruínas
Se reconstruiu no seu olhar, menina
Eu quero te querer

De tantas Renatas, Flávias e Karinas
Conheci mil Anas, muitas Carolinas
Mas sorte é ter você

Amor, se me chamar, se me quiser, eu vou
Pra ser o seu anjo da noite
E todo dia te acordar com flores (2x)

E o meu coração, partido em ruínas
Se reconstruiu no seu olhar, menina
Eu quero te querer

De tantas Renatas, Flávias e Karinas
Conheci mil Anas, muitas Carolinas
Mas sorte é ter você

Amor, se me chamar, se me quiser, eu vou
Pra ser o seu anjo da noite
E todo dia te acordar com flores (2x)

Uô ô ô, Uô ô ô

Letra enviada por Bruno Cavalcante De O

Encontrou algum erro na letra? Por favor, envie uma correção >

Compartilhe
esta música

Ouça estações relacionadas a João Bosco e Vinícius no Vagalume.FM

ÚLTIMAS

MIX DE MÚSICAS

ARTISTAS RELACIONADOS