Joan Osborne

Man In The Long Black Coat (tradução)

Joan Osborne

Relish


Homem de casaco preto longo


Os grilos estão cantando

A água é elevada

Há um vestido de algodão macio na linha

Pendure seco

aberta da janela

árvores africanas

dobrado para trás

Em uma brisa furacão


Nem uma palavra de adeus

Nem mesmo uma nota

Ela foi embora com o homem no

longo casaco preto


Alguém viu

Hangin ao redor

No salão de dança de idade

Na periferia da cidade

Ele olhou nos olhos dela

Quando ela parou para perguntar

Se ele quisesse dançar

Ele tinha um rosto como uma máscara

Alguém disse

da Bíblia que citar

Havia poeira sobre o homem no

longo casaco preto

Preacher estava falando

Há um sermão que ele deu

Disse consciência de todo homem

é vil e depravar

Você não pode depender dela

Para ser seu guia

Quando é você

Quem deve mantê-lo satisfeito


Não é fácil de engolir

Ele gruda na garganta

Ela deu seu coração para o homem no

longo casaco preto


Um, dois

Não há erros na vida

Algumas pessoas dizem

É verdade, às vezes

Você pode vê-lo dessa maneira

As pessoas não viver ou morrer

As pessoas simplesmente flutuar

Ela deu seu coração para o homem no

longo casaco preto


Há fumaça sobre a água

Ele esteve lá desde junho

Troncos de árvores arrancadas

Na lua crescente alta

Ouça o pulso

e vibração

e forçar o ronca

Alguém está lá fora

batendo em um cavalo morto


Ela nunca disse nada

Não havia nada ", escreveu ela

Ela foi embora com o homem no

longo casaco preto

Ela foi embora com o homem no

longo casaco preto

Ela se foi

Ela se foi

ido com o homem no

longo casaco preto

ido com o homem no

longo casaco preto


Man In The Long Black Coat


Crickets are chirping

The water is high

There’s a soft cotton dress on the line

Hang dry

The window’s wide open

African trees

Bent over backwards

In a hurricane breeze


Not a word of goodbye

Not even a note

She’s gone with the man in the

Long black coat


Somebody seen him

Hangin’ around

At the old dance hall

On the outskirts of town

He looked into her eyes

When she stopped him to ask

If he wanted to dance

He had a face like a mask

Somebody said

From the bible he quote

There was dust on the man in the

Long black coat

Preacher was talking

There’s a sermon he gave

Said every man’s conscience

Is vile and deprave

You can not depend on it

To be your guide

When it’s you

Who must keep it satisfied


It ain’t easy to swallow

It sticks in the throat

She gave her heart to the man in the

Long black coat


One, two

There are no mistakes in life

Some people say

It’s true sometimes

You can see it that way

People don’t live or die

People just float

She gave her heart to the man in the

Long black coat


There’s smoke on the water

It’s been there since June

Tree trunks uprooted

In the high crescent moon

Hear the pulse

And vibration

And the rumblin’ force

Somebody’s out there

Beating on a dead horse


She never said nothin’

There was nothin’ she wrote

She’s gone with the man in the

Long black coat

She’s gone with the man in the

Long black coat

She’s gone

She’s gone

Gone with the man in the

Long black coat

Gone with the man in the

Long black coat


Encontrou algum erro na letra? Por favor, envie uma correção >

Compartilhe
esta música

Mais ouvidas de Joan Osborne

ESTAÇÕES

ARTISTAS RELACIONADOS