Patriarcas

Jô Bueno & Gabriel


Meu Mato Grosso do Sul rico estado brasileiro.
Mistura de varios povos com caboclo pantaneiro.
Muita produção de grãos, rebanho de qualidade.
Pionada bom no braço, qua sabe manda o laço.
Com muita habilidade.
(Refrão)
Campo grande cidade morena.
Terra da india da boca pequena.
Tem um soriso sem igual.
Garça branca bonita flor.
Exibe sua beleza sobrevoando o pantanal.

Patriarcas guaicurus, terrenos e kaiuas.
Cada etnia tem sua estrela a brilhar.
Com espírito de grandeza, buscando a luz da mente.
Preservam a natureza, de uma maneira decente, que da
orgulho na gente.

Tereré e o chimarrão, se deram em casamento.
Com gosto amargo da erva confraterna bons momentos.
A cultura e os custumes e a nossa oração de fé.
Churrasco bem caprichado, e uma chinoca do lado
curtindo um bom chamané.

Na cidade de Coxim que Zacarias Mourão.
Plantou um lindo pé de cedro, e descerveu em canção.
Um poeta que é um mito, e deixou uma linda história.
Por isso hoje eu te canto pé de cedro que é um
encanto.
A seu autor essa glória.

Lindas grutas de bonito, que é o nosso cartão
postal,.
Água clara e cristalina patirmônio nacional.
Que encanta os nossos olhos, e de todos que a conhece.

Pra essa terra esse chão eu dedico essa canção, meu
coração não te esquece.

Compositor: Lurdes Pilar

Encontrou algum erro na letra? Por favor, envie uma correção >

Compartilhe
esta música

Ouça estações relacionadas a Jô Bueno & Gabriel no Vagalume.FM

MIX DE MÚSICAS

ARTISTAS RELACIONADOS