La de La Mala Suerte (tradução)

Jesse & Joy

Soltando al Perro


A de má sorte


Abriste uma janela despertando uma ilusão

Cegando por completo minha razão

Mantive a esperança conhecendo

Seu interior

Sentindo tão afastado teu calor

Provei da maçã por amor


Quero deixar de te amar e enterrar essa dor

Quero que meu coração te esqueça

Quero ser como você, quero ser eu a forte

Só te pedi em troca tua sinceridade

Quero que o amor finalmente responda

Porque sempre sou eu a de má sorte


Vens e me acaricias e se vai com o sol

Me dói ser somente tua diversão

Dizes que amas, que não há ninguém como eu

Que sou a dona do teu coração

Mas alguém mais está no seu quarto


Quero deixar de te amar e enterrar essa dor

Quero que meu coração te esqueça

Quero ser como você, quero ser eu a forte

Só te pedi em troca tua sinceridade

Quero que o amor finalmente responda

Porque sempre sou eu a de má sorte


E não, não acontece nada se o amor

Não é perfeito sempre e quando

Seja honesto

E não, para quê ainda pedir perdão?

Não é correto, não posso compartilhar

O que não me foi dado


Não sou a dona do teu coração

Sou eu quem sobra nesse quarto


Quero deixar de te amar e enterrar essa dor

Quero que meu coração te esqueça

Quero ser como você, quero ser eu a forte

Só te pedi em troca tua sinceridade

Quero que o amor finalmente responda

Porque sempre sou eu a de má sorte

La de La Mala Suerte


Abriste una ventana despertando una ilusión,

Cegando por completo mi razón,

Mantuve la esperanza conociendo

Tu interior.

Sentiendo tan lejano tu calor.

Probé de la manzana por amor.


Quiero ya no amarte y enterrar este dolor,

Quiero que mi corazón te olvide,

Quiero ser como tú, quiero ser yo la fuerte.

Solo te he pedido en cambio tu sinceridad,

Quiero que el amor al fin conteste

Porque siempre soy yo la de la mala suerte


Vienes y me acaricias y te marchas con el sol,

Me duele solo ser tu diversión,

Dices que me amas que no nadie como yo,

Que soy la dueña de tu corazon,

Pero alguién más está en tu habitación.


Quiero ya no amarte y enterrar este dolor,

Quiero que mi corazón te olvide,

Quiero ser como tú, quiero ser yo la fuerte.

Solo te he pedido en cambio tu sinceridad,

Quiero que el amor al fin conteste

Porque siempre soy yo la de la mala suerte


Y no, no pasa nada hacia el amor,

No es perfecto siempre cuando

Sea honesto.

Y no, y para que pedir perdon?

No es correcto, no puedo compartir

Lo que no se me dió...


No soy la dueña de tu corazón,

Yo soy quien sobra en esta habitación


Quiero ya no amarte y enterrar este dolor,

Quiero que mi corazón te olvide,

Quiero ser como tú, quiero ser yo la fuerte.

Solo te he pedido en cambio tu sinceridad,

Quiero que el amor al fin conteste

Porque siempre soy yo la de la mala suerte

Letra enviada por

Encontrou algum erro na letra? Por favor, envie uma correção >

Compartilhe
esta música

ÚLTIMAS

MIX DE MÚSICAS

ARTISTAS RELACIONADOS