Página inicial > J > Jean Roberto Barbosa > Baile Na Baixada

Baile Na Baixada

Jean Roberto Barbosa


BEM PILCHADO FUI NUM BAILE
NÃO ME PAREI DE ROGADO
NO MEU JEITÃO DEBOCHADO
TAPEANDO O PÓ DO CHAPÉU

LOGO SE AGITOU NOS CANTO
MEIA DÚZIA DE CUNHADO
COM OS OLHO ARREGALADO
ME MIRANDO COM SOVÉU


NO MEIO DA POLVADEIRA
PRA ESQUECER A LIDA DURA
SAPECO UM GOLE DE PURA
QUE SERVE PRA PREVENIR

TIREI UMA TIPA LINDA
PRA TRANÇA PÉ NUM BAILADO
POIS NUNCA FUI RENEGADO
NÃO É QUERER ME EXIBIR


ESTE BAILE NA BAIXADA
CLAREIO A BARRA DO DIA
ME BOTANDO NAS GURIA
TA ARMADA À CONFUSÃO

NÃO DA PRA AFROUXA O GARRÃO
PRA ESSES ÍNDIO TABACUDO
ETA BAILE MACANUDO
É ESSES CÁ NO GALPÃO


NÃO SOU SANTO, NEM ME AFROXO
NESTE BAILE INVOCADO
DEIXO MEU FACÃO DE LADO
ESCORADO NA TRONQUEIRA

NA BAIXADA A COISA É FEIA
NUM E OUTRO TALAGAÇO
A PELEIA É NO PLANCHAÇO
E TODO BURACO É TRINCHEIRA


VOU JUNTANDO A PARCERIA
NESSA GRANDE INTEGRAÇÃO
POIS QUEM CHEGA É SEMPRE IRMÃO
PODE SER FEIO OU CACHACEIRO

SE APROCHEGA COMPANHEIRO
QUE ESSES TIPO BAGACEIRA
NO MEIO DA POLVADEIRA
SÃO OS LOCO DE FACERO

Compositor: Jean Roberto Barbosa

Encontrou algum erro na letra? Por favor, envie uma correção >

Compartilhe
esta música

Ouça estações relacionadas a Jean Roberto Barbosa no Vagalume.FM

MIX DE MÚSICAS