Página inicial > Sertanejo > J > Jean e Marcos > Órfãos do Mundo

Órfãos do Mundo

Jean e Marcos

Órfãos Do Mundo


Meninos de rua
Somos todos anjos feridos
Perdidos nas ruas
Paraíso dos esquecidos

Cansamos de tantas promessas, discursos
Tanto amigo urso, herói de mentira
Primeiro que atira matando a semente
Dos sonhos da gente

Avião, trombadinha, pivete
Vulgo neguinho
Não existe em nossos caminhos
Carinho e amor

Você já perguntou nossos nomes
Quis saber se dormimos com fome
Porque nós perguntamos a Deus
Quem são os homens

Onde está esta luz
Que virá se espalhar sobre nós, as crianças?
Qualquer voz, diz pra nós
Só queremos saber se nos resta alguma esperança

Meninos de rua
Somos todos anjos feridos
Perdidos nas ruas
Paraíso dos esquecidos

Cansamos de tantas promessas, discursos
Tanto amigo urso, herói de mentira
Primeiro que atira matando a semente
Dos sonhos da gente

Avião, trombadinha, pivete
Vulgo neguinho
Não existe em nossos caminhos
Carinho e amor

Você já perguntou nossos nomes
Quis saber se dormimos com fome
Porque nós perguntamos a Deus
Quem são os homens

Onde está esta luz
Que virá se espalhar sobre nós, as crianças?
Qualquer voz, diz pra nós
Só queremos saber se nos resta alguma esperança

Onde está esta luz
Que virá se espalhar sobre nós, as crianças?
Qualquer voz, diz pra nós
Só queremos saber se nos resta alguma esperança

Onde está esta luz
Que virá se espalhar sobre nós

Letra enviada por

Encontrou algum erro na letra? Por favor, envie uma correção >

Compartilhe
esta música

Ouça estações relacionadas a Jean e Marcos no Vagalume.FM

MIX DE MÚSICAS

ARTISTAS RELACIONADOS