Minha Dona

Jean e Juliano


Ela vive do jeito que a vida leva ela, eu não vejo
Ela vive num mundo de sonho que eu tanto desejo
Eu quero até parar, mas o meu coração tá dizendo que a vida dela só vive se a gente se achar

Cadê o amor da dona, do peito que sempre saudade bateu?
Cadê o amor da dona, da boca, do beijo que nunca foi meu?
Bateu, valeu, detona, a saudade me pega, me leva, me invade de tanta saudade
Cadê minha dona?

Tô triste, não sei se pra ela a esperança ainda existe
Tô triste, mas de tanto pranto meu canto resiste
O amor de lá pra cá tá batendo tão forte que eu acho que a sorte mandou minha dona pro lado de cá

Cadê o amor da dona, do peito que sempre saudade bateu?
Cadê o amor da dona, da boca, do beijo que nunca foi meu?
Bateu, valeu, detona, a saudade me pega, me leva, me invade de tanta saudade
Cadê minha dona? [x2]

Contribuição: leandrostz

Encontrou algum erro na letra? Por favor, envie uma correção >

Compartilhe
esta música

Ouça estações relacionadas a Jean e Juliano no Vagalume.FM

ÚLTIMAS

MIX DE MÚSICAS

ARTISTAS RELACIONADOS