Página inicial > J > Jc Sertanejo > Arrependida

Arrependida

Jc Sertanejo


Um sofrimento silenciou um pobre homem.
A dor que me consome
Não posso suportar,
Aquela dama que me desprezou.
Um dia eu senti neste momento vontade de chorar,
Desesperado voltei pra nossa casinha,
Depois que meu vizinho a chave me entregou.

Amargurado eu chorei neste momento
Quando sei que meu filhinho,
No berçinho ela deixou.
Uma senhora que despreza seu filhinho
Chorando num berçinho
Pede reconciliação,
É muito tarde para se arrepender,
Pois eu sinto em você
O cheiro da traição,
Mas quanto ao filho,
Você pode estar por perto,
Mas, porém pode estar certo,
Que ele sabe da traição.

Não adianta tu voltar arrependida.
Porque tudo em sua vida,
Você jogou sobre o chão.

Não adianta tu voltar arrependida.
Porque tudo em sua vida,
Você jogou sobre o chão.

Uma senhora que despreza seu filhinho
Chorando num berçinho
Pede reconciliação,
É muito tarde para se arrepender,
Pois eu sinto em você
O cheiro da traição,
Mas quanto ao filho,
Você pode estar por perto,
Mas, porém pode estar certo,
Que ele sabe da traição.

Não adianta tu voltar arrependida.
Porque tudo em sua vida,
Você jogou sobre o chão.

Não adianta tu voltar arrependida.
Porque tudo em sua vida,
Você jogou sobre o chão.

Compositor: Jc e Cida

Encontrou algum erro na letra? Por favor, envie uma correção >

Compartilhe
esta música

Ouça estações relacionadas a Jc Sertanejo no Vagalume.FM

MIX DE MÚSICAS

ARTISTAS RELACIONADOS